Dia do Doador de Sangue

No dia 25 de novembro, é comemorado no Brasil o Dia do Doador Voluntário de Sangue. A data foi instituída em 1964 e escolhida por marcar o aniversário da fundação da Associação Brasileira de Doadores Voluntários de Sangue.

A doação tem várias utilidades. Pode salvar a vida de pessoas que passam por tratamentos e intervenções médicas complexas e de grande porte, como transfusões, transplantes e cirurgias. O sangue doado também ajuda pessoas com doenças crônicas graves a viverem por mais tempo. Em cada doação, uma pessoa doa até 450ml de sangue, o que pode salvar a vida de até quatro pessoas. No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, a taxa atual de doadores voluntários de sangue é de 1,6%, o que está dentro do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Quem pode doar sangue?

Pessoas de 16 a 69 anos e que pesem mais de 50kg podem doar sangue. É preciso apresentar um documento oficial com foto e, no caso de menores de 18 anos, ter permissão dos responsáveis. Algumas condições impedem a pessoa de doar, como febre, gripe, resfriado, diarreia, gravidez e pós-parto. Há alguns requisitos antes da doação:

  • estar alimentado, evitando alimentos gordurosos até três horas antes;
  • se for após o almoço, aguardar duas horas;
  • ter dormido ao menos seis horas na últimas 24 horas;
  • se tiver de 60 a 69 anos, já ter doado antes dos 60;
  • até quatro doações por ano, se for homem, ou três, se for mulher;
  • pelo menos dois meses entre uma doação e outra, se for homem, ou pelo menos três, se for mulher.

Pandemia diminuiu doações

Segundo o Ministério da Saúde, as doações de sangue caíram 20% em 2020, devido à pandemia da covid-19. No mesmo ano, porém, não houve desabastecimento. Os Estados receberam 2.481 bolsas de sangue.

Você pode agendar sua doação no Hemobanco. Consulte as datas disponíveis no calendário. Se tiver alguma dúvida, ligue para (41) 3521-4760. O endereço é: Rua Capitão Souza Franco, 290.

Fontes de referência: Calendarr, Ministério da Saúde, Mundo Educação, Agência Brasil, CNN Brasil

Compartilhe:

Você também pode gostar destes