Você sabe o que são alimentos antioxidantes?

Já ouviu falar em alimentos antioxidantes? Não? Mas, entre eles, estão muitos alimentos que você ouve falar desde a infância importantes para nós.

Antes de qualquer coisa, vamos ver o que é um antioxidante. Trata-se de um composto que combate a ação dos radicais livres.

E o que é um radical livre?

É um tipo de molécula produzida pelo corpo. Pode se criar naturalmente no próprio corpo, como na produção de energia.

Mas há também fatores que vêm de fora, como exercícios físicos em excesso, fumo, bebidas alcoólicas e exposição ao sol. Nesses casos, os radicais são produzidos numa escala maior.

E por que isso é ruim? O excesso de radicais pode trazer riscos sérios à saúde. Por exemplo, você pode ter mais chance de pegar um câncer ou uma doença do coração.

Para combatê-los, as células do nosso corpo já contam naturalmente com alguns antioxidantes. Porém, eles não são suficientes. Há muitos outros que só aparecem nos alimentos que comemos e bebemos. São nutrientes como:

  • vitaminas (C e E);
  • sais minerais (zinco, selênio, manganês);
  • gorduras boas (ômega-3 e ômega-6);
  • beta-caroteno.

Vamos então ao principal: onde encontramos esses nutrientes?

As principais fontes naturais são as frutas, legumes, verduras, sementes e grãos. Temos também peixes, ervas, especiarias, cacau e café.

Mas cuidado! Lembre-se que tudo que é exagerado pode fazer mal. Os radicais livres têm funções importantes, como ajudar nas defesas do corpo e na formação dos músculos. O que você pode é evitar ou controlar aquilo que provoca o excesso deles.

Além disso, é bom não confundir os nutrientes dos alimentos naturais com aqueles encontrados em suplementos. Vários estudos sugerem que substâncias artificiais aumentam o risco de alguns cânceres. A dica é usá-las só se recomendado por um profissional.

Então já sabe: prefira o que é natural!

Fontes de referência: Dr. Jairo Bouer, CEPEUSP, Unimed

Compartilhe:

Você também pode gostar destes

Skip to content