Estou com febre? Como interpretar o que o termômetro diz?

O termômetro é um objeto muito útil para nossa saúde. Ele nos ajuda a saber se a temperatura do nosso corpo está normal, sendo mais seguro do que apenas colocar a mão na pele.

Você já usou um termômetro para medir a temperatura do seu corpo e ver se tinha febre? Mas sabe com quantos graus pode concluir que a tem?

De modo geral, pode se dizer que há febre quando temos mais de 38°C, ao se colocar o termômetro na axila. Vamos então ver isso de forma mais detalhada.

Em primeiro lugar, note que o padrão varia de acordo com a idade. As medidas normais de adultos não são as mesmas de bebês e crianças.

Adultos

Para adultos, a medida normal é de 35,4 a 37,2ºC. Pode aumentar quando há gripe ou outra infecção. Aqui estão as principais formas de variação:

  • aumento ligeiro de temperatura – vai de 37,5 a 38°C. Não é exatamente febre, pois pode acontecer por razões do dia a dia, como tempo quente ou excesso de roupas. Ou seja, diz-se por isso que é condição “subfebril”. Os sintomas incluem arrepios, tremores e rosto vermelho. As dicas são: tirar a primeira camada de roupa, beber água e tomar banho morno.
  • febre – temperatura maior que 38ºC. A pessoa pode tomar um comprimido de paracetamol, usar apenas uma camada de roupa ou colocar gelo na testa. Se não houver melhora em até 3 horas, é preciso ir ao pronto-socorro.
  • febre alta – mais de 39,6°C. Não há outro jeito: é uma emergência e se deve procurar um médico.

Existe ainda a condição de hipotermia, que é a temperatura muito baixa – menor que 35,4°C. Isso em geral acontece ao se ficar muito tempo no frio. Como cuidados, deve-se eliminar a fonte do frio (se possível), vestir várias camadas de roupa, beber um chá quente ou aquecer a casa.

Febre em Crianças e bebês

Já para crianças e bebês, o padrão é um pouco diferente. O normal é de 36 a 37ºC. Portanto, as possíveis variações são:

  • aumento ligeiro – vai dos 37,1 aos 37,5°C. A dica é tirar uma camada de roupa e dar um banho de água morna.
  • febre – mais de 37,8°C (no ânus) ou mais de 38°C (na axila). Os pais devem entrar em contato com o pediatra. Ele verá se há necessidade de remédios ou ir ao pronto-socorro.
  • hipotermia – menos de 35,5°C. O que fazer? Vestir mais uma camada de roupa e evitar correntes de ar. Se passarem 30 minutos e nada disso der resultado, deve-se procurar o pronto-socorro.

É importante destacar que nem sempre essas variações em bebês e crianças são sinais de doenças. Há outras causas possíveis, como quantidade de roupa vestida, dentes nascendo, vacinas ou a temperatura do ambiente.

Remédios

O antitérmico é o remédio indicado para quando roupas e banho não resolverem o problema da temperatura. O paracetamol é o mais usado. Pode ser tomado até 3 vezes ao dia, com intervalos de 6 a 8 horas entre uma dose e outra.

Para bebês e crianças, o ideal é buscar orientação do pediatra. Assim, ele dirá qual a dosagem adequada, o que pode variar conforme o peso e a idade.

Tipos de termômetro e como usá-los

  • Digital – deve-se colocar a ponta de metal na boca, axila ou ânus. Depois, espere que o termômetro produzir um som, para retirá-lo e ver o que ele marca.
  • De vidro – colocá-lo da mesma forma que o digital e esperar de 3 a 5 minutos para retirar.
  • Infravermelho – usado a distância. Aponte-o para a testa ou o canal do ouvido e aperte o botão. O termômetro fará um “bip” e logo mostrará a temperatura.

Não use o termômetro logo depois do banho ou de uma atividade física. Essas duas coisas costumam aumentar sua temperatura. Assim, ela pode não ser bem aquela que você vê depois de medi-la. O melhor é fazer isso quando está em repouso.

Fonte de referência: Tua Saúde

Compartilhe:

Você também pode gostar destes

Skip to content