Prevenção à obesidade

Segundo dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), coletados em 2019 e publicados em outubro de 2020, a prevalência da obesidade em adultos aumentou no Brasil. A pesquisa é uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), em parceria com o Ministério da Saúde.

Primeiramente, deve se saber o que é obesidade. Para verificá-la, pode-se calcular o índice de massa corporal (IMC). A conta é simples: divide-se o peso em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Caso o resultado da conta seja maior ou igual a 30, há obesidade.

Também o IMC determina o grau da obesidade: grau 1 (de 30 a 34,9), grau 2 (de 35 a 39,9) e grau 3 (40 ou mais). O grau 3 é o que se chama obesidade mórbida. No Brasil, o percentual de pessoas com idade entre 25 e 44 anos com esse grau aumentou de 0,9% para 2,1%, segundo um levantamento da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) publicado em setembro de 2019 na revista Cadernos de Saúde Pública.

O site da rede de clínicas populares Amor Saúde traz uma lista de medidas para prevenir a obesidade:

  • planejar refeições para toda a família;
  • controlar o consumo de alimentos de origem animal;
  • consumir mais frutas, verduras e outros vegetais;
  • preferir alimentos naturais aos ultraprocessados;
  • reduzir o consumo de sal, gorduras e açúcares;
  • fazer escolhas mais conscientes e saudáveis;
  • praticar exercícios físicos regularmente.

Contudo, caso as medidas não funcionem e a obesidade apareça, uma opção é a cirurgia bariátrica. A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica o procedimento a quem possui o grau 2 e comorbidades associadas (diabetes, hipertensão arterial, apneia do sono, aumento de gordura no sangue, problemas articulares), ou o grau 3 e não tenham sucesso no tratamento clínico.

A Santa Casa conta com o Serviço de Cirurgia Bariátrica. Você pode marcar uma consulta por meio do fone (41) 3207–3215 e tirar todas as suas dúvidas.

Compartilhe:

Você também pode gostar destes

Skip to content