Página Principal/Notícias/Santa Casa passa a contar com atendimento especializado em coloproctologia

Santa Casa passa a contar com atendimento especializado em coloproctologia

por , 25 de junho de 2021

Subespecialidade cirúrgica é focada no tratamento de doenças e câncer do intestino grosso, o reto e ânus

Expandindo o atendimento para outros serviços e especialidades, a Santa Casa, uma unidade da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, conta com o atendimento em coloproctologia. A subespecialidade cirúrgica é focada nas diversas doenças que podem afetar o intestino grosso, o reto e o ânus, incluindo câncer. Os atendimentos são uma abordagem mais específica para os pacientes que sofrem com as enfermidades relacionadas ao aparelho digestivo, possibilitando mais opções de atendimento à população.

O serviço da Santa Casa conta com uma equipe especializada em coloproctologia para realizar atendimentos a pacientes particulares e de todos os convênios. Desta forma, quem procura o Hospital por atendimento pode realizar consultas, exames e outras cirurgias quando necessário. 

Entre as razões mais comuns que levam o paciente a procurar um coloproctologista estão as doenças inflamatórias intestinais como Doença de Crohn, Retocolite ulcerativa, diarreias ou constipação intestinal, que é a dificuldade de evacuar, além de doenças benignas como hemorroidas, fístulas, fissuras e prolapsos.

Para a doutora Diesica Nalena Prochnow, coloproctologista da Santa Casa, tratar essas doenças tem um grande impacto na qualidade de vida do paciente. “Além de ter um atendimento humanizado, conseguimos abranger partes mais específicas do trato gastrointestinal, indicando o melhor procedimento e possibilitando acompanhar o tratamento com mais segurança”, explica.

Mesmo assim, muitas pessoas podem acabar tendo vergonha de conversar com o médico sobre o assunto por se tratar de uma parte íntima. “O paciente pode ter um sangramento, sentir dor, ter um carocinho, mas ficar envergonhado de mostrar para o médico, mas isso não precisa acontecer, estamos aqui para ajudar”, diz a especialista.

Em casos de sangramento, por exemplo, apesar de ser um sintoma comum e na maioria dos casos não ser grave, em algumas situações pode ser sinal de doenças como câncer de reto. “Por mais que pareça banal, isso é um alerta do corpo e um médico coloproctologista pode avaliar e orientar o paciente com o uso de pomadas e outros hábitos de cuidado que o paciente precisa ter”, reforça a doutora Diesica.

Já para a doutora Luciana Clivatti, também coloproctologista que entra para o time da Santa Casa, considera que a especialidade vem para somar e complementar o serviço de Cirurgia Geral. “É muito importante trabalharmos com uma subespecialidade dessa”, explica. “Com nosso trabalho conseguimos abranger partes muito específicas do trato gastrointestinal, deixando o serviço mais completo”. Ela ainda reforça sobre a necessidade de busca de atendimento em casos de alteração no hábito intestinal, como diarreia ou intestino preso, pois quando persistentes podem indicar desde alergias ou intolerâncias alimentares até doenças mais complexas do intestino.

Para as profissionais, vale a mesma orientação médica de sempre: quanto mais cedo o paciente buscar ajuda especializada, melhor. E agora a Santa Casa é mais uma opção de Hospital para quem busca por orientação médica que os pacientes podem contar!

Compartilhe