Santa Casa participa de mutirão no Dia Nacional de Combate ao Câncer da Pele

Cartaz Dia C contra o Câncer de Pele
Avaliações gratuitas, sem necessidade de agendamento prévio, serão ofertadas no Centro Médico do Hospital neste sábado.

Pelo 17º ano consecutivo, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) promove, em todo o Brasil, o Dia C – Dia Nacional de Combate ao Câncer da Pele. No dia 26 de novembro, de 9 às 15h, cerca de 3000 dermatologistas voluntários, realizarão consultas gratuitas em 129 postos de atendimento, em 24 estados brasileiros, incluindo o Distrito Federal. Na Santa Casa de Curitiba o atendimento será ofertado no Centro Médico. A avaliação dos pacientes será  gratuita e não é necessário agendamento prévio.

Para este ano, a previsão é que mais de 30 mil pessoas sejam atendidas durante a mobilização. O atendimento será restrito para análise, diagnóstico e tratamento do câncer da pele. No ano passado, em 23 estados, cerca de 20 mil pessoas tiveram atendimento gratuito e 13,28% (2.651) delas apresentaram lesões de câncer na pele, sendo já encaminhadas para tratamento.

“O Dia C é um dia de voluntariado no qual queremos mostrar que a identificação precoce do câncer na pele evita danos ou mutilações mais profundas. É importante também reforçar a importância de usar o protetor solar durante todos os dias do ano, independente da estação. A atitude preventiva ao câncer da pele deve ser diária, uma atitude de responsabilidade”, afirma Dr. Emerson Lima, coordenador da Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer da Pele da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Desde a sua implementação, em 1999 a campanha da SBD atingiu 538.687 pessoas. Em 5 de dezembro de 2009, a SBD recebeu a certificação do Guinness World of Records por ter promovido a maior campanha médica do mundo realizada em um único dia, e a maior campanha mundial de prevenção ao câncer da pele, com mais de 34 mil atendimentos em diferentes regiões do Brasil.

O Dia C conta com o patrocínio das marcas Episol, Sunmax, La Roche Posay, Vichy, Nivea Sun, Adcos e Sundown.

 Sobre o câncer da pele

 O câncer da pele pode se manifestar como uma pinta ou mancha, geralmente acastanhada ou enegrecida, como também uma ferida que não cicatriza. A regra do ABCDE ajuda na suspeita de uma lesão maligna e sinaliza que um dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia deve ser procurado.

A= lesão assimétrica

B= bordas irregulares

C= alteração de cor

D= diâmetro maior que 6 mm

E= evolução ou modificação da lesão

Outra forma de avaliar o risco da doença é através da “Calculadora de Risco para Câncer da Pele”, também disponível no site www.controleosol.com.br/calculadora

A Sociedade Brasileira de Dermatologia orienta que as pessoas se examinem com periodicidade, consultando um dermatologista em caso de suspeita. Também é importante que se examine familiares, pois muitas vezes os cânceres podem aparecer em regiões que não conseguimos ver sozinhos. Ao se expor, é importante que se use o protetor solar nas áreas expostas, mesmo em dias frios e nublados, reaplicando o produto a cada quatro horas no dia a dia e a cada duas horas nos períodos de maior exposição solar.

A SBD lembra que a melhor forma de evitar a doença é a prevenção! Vale reforçar que nem o autoexame, nem a calculadora de risco, substituem a consulta ao dermatologista da Instituição.

#DezembroLaranja

No próximo mês, a Sociedade Brasileira de Dermatologia promove o Dezembro Laranja, que objetiva alertar a população para a prevenção ao câncer da pele. A ação prevê um alerta ao tipo de câncer mais incidente no Brasil, com 176 mil novos casos ao ano. Encontre aqui um associado da SBD: http://www.sbd.org.br/

Compartilhe:

Sobre o autor

Comunicação Santa Casa de Curitiba

Com o objetivo de divulgar e levar mais transparência a pacientes, colaboradores, médicos, operadoras de planos de saúde, órgãos públicos e público em geral, a ISCMC conta com uma equipe de Comunicação e Marketing, que é responsável em zelar pela imagem da instituição, que há mais de 140 anos é respeitada e reconhecida em toda a sociedade.

Você também pode gostar destes

Skip to content