Em parceria com O Boticário, Santa Casa de Curitiba entrega reforma no setor de hemodiálise

Hospital aumentará em até 30% capacidade de atendimento possibilitando mais vida para a população que precisa deste tratamento.

Ter a vida dependente de uma máquina é difícil. Sabendo dessa realidade, a Santa Casa, uma unidade da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba, em parceria com O Boticário, Instituto Boticário e com apoio da Belgotex do Brasil, abraçaram um compromisso e entregarão uma reforma para uma Nova Hemodiálise no hospital. A instituição Santa Casa é referência no Paraná em transplante de rim, por isso pacientes buscam um porto seguro para o tratamento.

A parceria com O Boticário reforça a missão de ambas as marcas em providenciar qualidade de vida para as pessoas. A expectativa da reforma é reduzir o número de pacientes na fila de espera, permitindo aumentar a capacidade de atendimento.

Entre os impactos da reforma e da parceria estão a melhoria na ergonomia das poltronas, diferenciais de iluminação e ventilação, assim como aplicação de um novo mural temático, que deixará o visual do ambiente mais limpo e aconchegante. O projeto possibilitará mais espaço, sendo 92 metros quadrados a mais do que anteriormente, totalizando 312 m². O ambiente terá ainda maior quantidade de máquinas, que chegarão ao total de 24, o que resultará em cerca de 15 mil sessões ao ano.

O bem-estar do paciente durante o tratamento tem sido o principal foco da reforma. As imagens do painel vão humanizar arquitetonicamente, entregando vida e esperança aos pacientes. Essa proposta condiz com outras instituições internacionais como o The Hospital for Sick Kids, em Toronto (Canadá), Hospital Clínico San Carlos (Espanha) e The Royal Children Hospital (Austrália), que utilizam painéis personalizados e adaptados para deixar o ambiente mais agradável e minimizar os impactos do tratamento.

O tratamento

A hemodiálise mantém a esperança de vida dos pacientes enquanto aguardam pelo transplante. A máquina filtra o sangue do paciente, quando os rins já não conseguem mais realizar essa tarefa. É necessário se conectar ao aparelho três vezes por semana, cinco horas por sessão e por prazo indeterminado.

Esse tratamento é fundamental enquanto os pacientes esperam pelo transplante, sendo estimado que a hemodiálise garanta 97% de sobrevida. Dados da Organização Mundial da Saúde estimam que 10% da população mundial apresenta algum tipo de disfunção renal. E as doenças podem diminuir a qualidade de vida, reduzindo a capacidade de viajar, de trabalho e até mesmo de socializar.

Com uma Nova Hemodiálise, a Santa Casa e O Boticário garantem mais vida e acolhem quem precisa de uma nova vida. Além de reafirmar que a saúde pública de alta complexidade salva vidas.

Compartilhe:

Sobre o autor

Comunicação Santa Casa de Curitiba

Com o objetivo de divulgar e levar mais transparência a pacientes, colaboradores, médicos, operadoras de planos de saúde, órgãos públicos e público em geral, a ISCMC conta com uma equipe de Comunicação e Marketing, que é responsável em zelar pela imagem da instituição, que há mais de 140 anos é respeitada e reconhecida em toda a sociedade.

Você também pode gostar destes

Skip to content