Página Principal/Sem categoria/Entrevista: Nutrição e Imunidade

Entrevista: Nutrição e Imunidade

por , 31 de março de 2020

Manter uma boa alimentação está diretamente ligada à nutrição, saúde e qualidade de vida. Um prato bem colorido, com os nutrientes necessários, pode garantir uma série de benefícios para uma pessoa, um desses benefícios é a manutenção da imunidade.

Hoje (31) é o Dia Nacional da Nutrição e Saúde e a coordenadora de Nutrição da Santa Casa de Curitiba, Cássia Bertocco, explicou como as pessoas podem manter uma boa alimentação, inclusive com alimentos de baixo custo, e também como um cardápio bem elaborado pode garantir uma boa recuperação de pacientes da Santa Casa. Confira a entrevista com a nutricionista Cássia:

Santa Casa: Qual é a importância da boa alimentação para a manutenção da saúde?

Nutricionista Cássia Bertocco: Existe uma relação direta entre nutrição, saúde e qualidade de vida. O mais importante é possuir uma alimentação que garanta os nutrientes necessários, na quantidade e variedade adequadas, caso contrário, o organismo não desenvolve corretamente suas funções e acaba por não conseguir prevenir as doenças. Há milhares de anos, Hipócrates já afirmava: “que teu alimento seja teu remédio e que teu remédio seja teu alimento”.

Santa Casa: Quais alimentos contribuem para a manutenção e a criação da imunidade?

Nutricionista Cássia Bertocco: Não existe nenhum alimento milagroso, mas sim hábitos que nos protegem e garantem a nossa imunidade. Um deles, e diria que o mais importante, é o consumo de três a cinco porções de frutas e vegetais variados ao dia, esse grupo de alimentos garante os principais nutrientes para a manutenção do sistema imune. O consumo de cereais integrais, sementes e ovos também faz toda a diferença, esses alimentos são ricos em zinco e as células do sistema imune possuem enzimas que precisam de zinco para funcionar, por isso sua deficiência pode resultar na queda da função imunológica. O consumo de iogurte natural (sem açúcar) também pode ser benéfico, a presença de lactobacilos vivos estimula a produção de anticorpos, fortalecendo o sistema imunológico.

Santa Casa: Como ter uma alimentação saudável e barata em prol da imunidade?

Nutricionista Cássia Bertocco: Incluindo na alimentação vegetais e frutas da época, além de mais baratos, também possuem maior quantidade de nutrientes. A ideia é sempre montar um prato bem colorido. A utilização da semente de abóbora também é uma estratégia interessante, ela geralmente é jogada fora e esse alimento é uma ótima fonte de zinco e cálcio, é só lavar, torrar em forno pré-aquecido e adicionar às saladas ou comer como aperitivo.

Santa Casa: Como a alimentação pode colaborar para a prevenção de doenças e infecções?

Nutricionista Cássia Bertocco: Todas as células do sistema imunológico necessitam de nutrientes para funcionarem corretamente. Sendo assim, quando existe uma deficiência nutricional, o risco de desenvolvimento de doenças, como as infecções, é muito maior. Por isso, os alimentos ricos em vitaminas e minerais são essenciais para permitir que as células imunes atuem contra agentes agressores. As vitaminas C, D e E, o selênio, zinco, probióticos, aminoácidos e ácidos graxos ômega-3 são alguns dos nutrientes que fortalecem as defesas do organismo.

Santa Casa: Atualmente, a nutrição prefere alimentos in natura, em busca de estimular a refeição feita em casa?

Nutricionista Cássia Bertocco: Sim, esse é um dos vários princípios apontados no último Guia Alimentar da População Brasileira – Ministério da Saúde, ele recomenda que os alimentos in natura ou minimamente processados devem ser a base da nossa alimentação. Também é apontado no guia a importância do resgate da transmissão de habilidades culinárias entre gerações, esse enfraquecimento favorece o uso de alimentos ultra processados.

Santa Casa: Como a Nutrição da Santa Casa colabora para que os pacientes possam manter uma boa saúde, uma boa alimentação e a manutenção da imunidade?

Nutricionista Cássia Bertocco: O cardápio dos pacientes é elaborado de forma equilibrada e variada. São fornecidos vegetais e frutas da época, utilizamos somente temperos naturais e o uso de gordura e sal é moderado.  Faz dois meses que implementamos um cardápio diferenciado de saladas, incluindo a adição de sementes como linhaça e gergelim, tal fato agregando ainda mais vitaminas e minerais à alimentação favorecendo uma melhor recuperação de saúde dos mesmos.

Compartilhe

Deixe um comentário

XHTML: Você pode utilizar as seguintes tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>